Início / Últimas Notícias / Modelo branca faz tratamento estético e agora se diz negra

Modelo branca faz tratamento estético e agora se diz negra

Após gastar centenas de euros para “turbinar” os seios, a modelo alemã Martina Big se coloca em uma polêmica racial. Ela iniciou, em janeiro deste ano, tratamentos estéticos controversos de injeções de bronzeamento. Martina, agora, se autodeclara negra e disse no programa inglês “The morning” que pretende tomar outras medidas para “se tornar negra”. Entre essas medidas estaria um procedimento cirúrgico para “alargar o nariz”. O caso levantou o debate na internet sobre raça ser uma questão que se resumiria apenas à cor da pele.

Durante a entrevista, ela disse que nunca se sentiu confortável em sua própria pele e que sempre sonhou em mudar seu corpo. Martina, de 29 anos, afirmou ainda ao programa que quer reduzir as próteses que colocou. A transformação estética da modelo começou em 2012 e parece não ter fim. “Eu gosto das curvas da mulher negra e quero tê-las passo a passo”, declarou a modelo.

Martina, que era loira, comparou sua recente transformação ao cuidado que os “garotos têm com seus carros”, que “gostam de trabalhar neles e curtem o resultado”. “A cor da minha pele mudou e eu percebi que a cor dos meus olhos também, assim como a da minha sobrancelha. E meu cabelo está se tornando mais preto, escuro e está ficando encaracolado”.

Ela acrescentou que procurou um médico para tomar as três injeções. “Agora estou realmente escura”, disse. Mesmo o procedimento sendo controverso para a saúde, a modelo disse não ter tido problemas e que se adaptou bem: “Parece seguro e não tive efeitos colaterais”.

Agora que os tratamentos estéticos estão atingindo o resultado que Martina esperava, ela, que se disse uma “mulher negra”, afirmou que pretende aprender mais sobre “todas essas culturas”. Para isso, pretende viajar para o continente africano em janeiro do próximo ano.

As críticas à Martina por se declarar negra lotaram as redes e partiram, principalmente, dos internautas que assistiam ao programa de televisão. O tom de desaprovação veio até mesmo dos apresentadores, que se mostraram consternados com o que ouviram. Eles chegaram a perguntar se ela compreendia que a questão da raça vai muito além da cor da pele.

A “Race Equality Foundation“ (Fundação pela Igualdade Racial, em tradução livre) lamentou o episódio e disse que a modelo não tem ideia dos desafios raciais. “Sua história tira o foco do que negros sofrem de verdade atualmente”, disse uma porta-voz ao jornal The Sun.

 

Confira também

Madonna pede oração pelas vítimas do incêndio em Portugal

Atual moradora de Portugal, a cantora Madonna usou seu perfil no Instagram nesta segunda-feira para ...

Professor que tocou para crianças durante tiroteio será homenageado

O professor de música Roberto de Oliveira Ferreira, do Ciep Roberto Morena, em Paciência, é ...

Dia 14/10 tem Baile do Cowboy – edição 25 anos – em Divinolândia

Dia 14 de outubro o Divinolândia Clube receberá mais uma vez o Baile do Cowboy, ...

Vem novidade por aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *