Início / Lançamentos & Novidades / Nego do Borel se defende após críticas ao clipe ‘Me solta’ e diz que beijo gay foi ideia sua

Nego do Borel se defende após críticas ao clipe ‘Me solta’ e diz que beijo gay foi ideia sua

Nego do Borel comentou pela primeira vez sobre o clipe “Me solta”, divulgado na noite de segunda-feira. No vídeo, o cantor interpreta a personagem Nega da Borelli que, vestida com roupas femininas, beija um ator com quem dançava. A ousadia do funkeiro despertou elogios de celebridades e fez surgir questionamentos da comunidade LGBTsobre representatividade, reforço de estereótipos e misoginia.

— Quis mostrar que as pessoas podem se soltar, beijar, transar, amar quem elas quiserem — disse o cantor, que já esperava que o clipe pudesse levantar críticas na internet: — Quando eu decidi fazer esse clipe sabia que poderia ser algo polêmico, mas fui em frente. A Nega da Borelli é uma personagem que, pra mim, representa a liberdade de ser quem eu sou.

A ideia do beijo gay, cena que Nego do Borel divide com o modelo Jonathan Dobal, partiu do próprio cantor. É ele quem assina o roteiro da obra com direção de Lucas Romor (KondZilla), e ressalta a iniciativa de mostrar uma parte da vida na comunidade onde nasceu. Para as gravações, o artista contratou mão de obra local para figuração, corpo de baile, serviços de alimentação e transporte da equipe:

— Chamei gente que vi na internet pra participar, a galera lá do Borel também. Eu gosto da diversidade, o clipe é exatamente um reflexo da favela, ela tem uma diversidade enorme.

Gravado em junho no Morro do Borel, na Zona Norte do Rio, onde nasceu e foi criado, Nego do Borel recebeu elogios de amigos artistas pela produção parecida com a do estourado clipe “Vai malandra”, de Anitta, que também prestigiou uma comunidade carioca: o Morro do Vidigal, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O funkeiro carioca rodou a sequência ao lado de amigos de infância e de ex-vizinhos do morro tijucano:

— Fiquei feliz com os elogios e acho que minha experiência como ator me ajudou bastante nas cenas. E Anitta é uma amiga maravilhosa. A gente conversa bastante e ela é uma referência. Eu fiz esse clipe no lugar onde eu nasci e me criei. É o retrato da minha vida. Me orgulho muito em ter feito lá.

A personagem Nega da Borelli, criticada por ativistas da causa LGBT é, segundo o cantor, uma personagem criada anos atrás, e não tem a intenção de propagar o desrespeito à causa:

— Reencarnei uma personagem que fazia há tempos para lembrar de forma bem-humorada que as pessoas são livres para escolherem o que querem ser. Eu comecei a interpretá-la em casa mesmo, brincando com minha mãe. Depois, comecei a fazer para meus amigos. Sempre foi uma brincadeira. Acredito que o respeito ao outro tem que estar acima de tudo.

Ao fim da entrevista, o funkeiro de 26 anos responde sobre o que gostaria de acrescentar em relação à repercussão do clipe. Com poucas palavras, Nego do Borel encerra:

— Me solta, p***!

Assista ao clipe clicando aqui.

Confira também

GUSTTAVO LIMA LANÇA SINGLE QUE FARÁ PARTE DE SEU NOVO ÁLBUM

Gusttavo Lima está prestes a gravar seu sétimo DVD de carreira. Nesta sexta-feira (10), o ...

“Te Conecta”: Pitty divulga primeira faixa do novo disco

No começo deste ano, Pitty compartilhou com os fãs que estava em fase de produção de seu ...

Real Madrid lança camisa feita de plástico retirado dos oceanos

Nesta segunda-feira, a Adidas, fornecedora de material esportivo do Real Madrid, lançou o terceiro uniforme ...

Lucifer: Fox explica motivo do cancelamento da série

O cancelamento de Lucifer causou uma das mais fortes campanhas de salvamento nos últimos anos, realizada ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *