Início / Lançamentos & Novidades / Netflix é criticada por fazer piada com surdez em novo filme

Netflix é criticada por fazer piada com surdez em novo filme

Lançado logo após Para Todos os Garotos que Já Amei A Barraca do BeijoSierra Burgess é uma Loser enfrentou a difícil missão de repetir os êxitos das outras comédias românticas juvenis da Netflix. Entretanto, o filme, estrelado por Shannon Purser, a eterna Barb de Stranger Things, não só falhou com o público e a crítica, como também gerou controvérsia: a gigante do streaming está sendo criticada por uma das piadas do longa, envolvendo surdez e linguagem de sinais.

“Então, o irmão de um dos meus amigos mais próximos está em Sierra Burgess. Quando descobri isso, fiquei muito feliz. Finalmente mais representatividade para atores surdos e a inclusão da linguagem de sinais nos filmes… Mas aí descobri que o personagem surdo foi escrito para uma terrível piada. PS: fingir ser surdo não é certo”, disparou Nyle DiMarco, modelo e ativista portador de deficiência auditiva.

E as críticas do modelo à comédia romântica da Netflix não pararam por aí. Em seu TwitterDiMarco também reclamou de piadas homofóbicas e transfóbicas presentes no roteiro de Lindsey Beer (Godzilla vs Kong): “É extremamente fácil fazer piadas sobre grupos marginalizados e desprotegidos… mas isso te faz ser um roteirista preguiçoso”. A roteirista e a gigante do streaming não se pronunciaram sobre a problemática.

Confira também

Lulu Santos anuncia lyric video sobre relacionamento com Clebson Teixeira

O cantor Lulu Santos anunciou em seu Instagram que irá lançar um clipe de sua ...

Marca de cosméticos troca Ludmilla por Iza em campanha

Cada vez com mais destaque na mídia, Iza tem colhido os frutos de seus esforços ...

Maluma é eleito o homem mais sexy da música

A revista americana Vogue, elegeu o cantor Maluma, 24, como o homem mais sexy da música. ...

Tatá Werneck anuncia os primeiros convidados da 3ª temporada do “Lady Night”

Quem mais tá morrendo de saudades do “Lady Night“, hein? Tamo junto! Mas, para nossa ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *